Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: C:\Users\Ervas\Desktop\ervas e doencas\aborto_arquivos\image001.jpg

Voltar a pagina inicial

Calos

Fone 43 3325 5103

Resumo sobre calos e calosidades

CALOS: - Infusão - Ferver 1 cálice de vinagre com uma Cebola crua cortada em fatias. Deixar amornar, colocar a Infusão em um coador, espremendo a polpa da Cebola a fim de que saia todo o suco. Empregar o líquido para compressas sobre os calos.

Descrição: http://www.criasaude.com.br/data/dataimages/Upload/peau-seche.jpgOs calos e calosidades são espessamentos da camada mais externa na pele em regiões suscetíveis a atritos e pressão. Ocorre normalmente na palma das mãos e pés.

A pele, sob estresse constante, produz uma hiperqueratinização, que é a responsável pelo engrossamento da camada mais externa, a epiderme. Os sintomas dos calos são visíveis e fáceis de serem detectados. Nas mãos, eles formam protuberâncias espessas. Nos pés, podem aparecer como protuberâncias de cor amarelada. Por vezes, podem surgir entre os dedos, chamados de olho de perdiz.

O diagnóstico é feito por exame clínico, normalmente visual. Mas o médico pode solicitar exames mais específicos para diferenciar de outras doenças, como verrugas. Pessoas que recebem muito atrito nas mãos e pés, como atletas ou trabalhadores, são as mais suscetíveis a terem calos. pessoas que andam de salto alto ou sapatos apertados também têm mais chances da doença.

O tratamento normalmente consiste em hidratar a área lesionada e retirar os calos com pedra-pome. O médico pode indicar medicamentos abrasivos para os calos, como ácido salicílico ou ureia. Remédios caseiros como óleo de amêndoas e suco de celidônia também combatem os calos.

A fim de evitar os calos, é importante que a pessoa proteja as áreas do corpo mais atingidas, como mãos (luvas) e pés (sapatos adequados e não apertados). Um alerta especial é para os diabéticos e pessoas com problemas circulatórios. Neles, os calos costumam ser mais graves.

Definição

Calos

O calo é caracterizado por um espessamento das camadas externas da pele em resposta à pressão ou fricção repetida.       

O calo é definido como um espessamento da epiderme, isto é, a camada mais externa da pele, em pontos de pressão, com a palma da mão ou do pé.

Calos nos pés - calosidades

No que diz respeito aos calos nos pés, normalmente são dolorosos, causando inchaço e localizados nos dedos dos pés.

Se for entre os dedos dos pés, é chamado de olho de perdiz, olho de peixe, olho de boi, etc. Estas condições são o resultado de desgaste excessivo da pele.

As calosidades raramente são dolorosas.            

Causas

Descrição: http://www.criasaude.com.br/data/dataimages/Upload/pes.jpgA pele é composta por três camadas: a hipoderme mais profunda, a derme que pé intermediária e a epiderme, que é a camada mais externa. Isto inclui as diferentes sub-camadas da pele compostas células chamadas queratinócitos, que estão constantemente evoluindo em um ciclo fisiológico. Os queratinócitos envelhecem progressivamente e formam a queratina.

Ao mesmo tempo, as células que morrem são empurradas pelas células novas para as camadas mais externas (ou sub-stratum corneum) e, finalmente, são expelidas através da descamação. Num processo normal de queratinização, as células são removidas quantitativamente idênticas às novas gerações.

No caso em que a pele está sob stress, tais como a fricção ou pressão repetitiva, o mecanismo fisiológico de queratinização é desregulado. Dessa forma, o corpo superproduz queratinócitos resultando no espessamento da pele. Esse fenômeno cria os calos hiperqueratinizados.

Calos nas mãos normalmente ocorrem em pessoas que lidam com ferramentas pesadas ou fazem esforço repetidamente. Ginastas e pessoas que trabalham com machados e enxadas são as principais afetadas.

Calos nos pés calos são causados pelo uso de calçados inadequados, muito apertados ou saltos muito altos. O risco aumenta com a presença de qualquer deformidade do pé ou anormalidades como hálux valgo (desvio anormal do dedão do pé para fora), ou dedos dobrados como "martelo".

Sintomas

Calosidades

A calosidade se manifesta pelo espessamento de algumas áreas da pele que são submetidas ao atrito ou pressão. As calosidades podem estar na palma da mão ou na sola dos pés.

O tamanho e forma das calosidades variam. Geralmente não são doloridas.

Calos

Fala-se em calosidade ortopédica ou calo, se for pequeno e amarelado de aspecto cônico. Muitas vezes, pode haver uma inflamação da pele.

O calo é geralmente encontrado na parte de trás das articulações, especialmente o dedo mindinho e na borda externa do pé. Dor no pé é muitas vezes frequente e a evolução mais complicada é manifestada através do olho de peixe entre os dedos.

Descrição: http://www.criasaude.com.br/data/dataimages/Upload/medico_lupa.jpgDiagnóstico

Os calos são facilmente reconhecidos. No entanto, o médico pede o histórico médico do paciente ou uma biópsia. Seu objetivo é diferenciar os calos de outros sintomas similares, tais como verrugas.

O profissional de saúde pode examinar para detectar anormalidades como sua postura ou a de seus pés.

Complicações

Os calos causar complicações e, por vezes, causar infecções ou mesmo pus no local da lesão. Nos diabéticos, eles são mais perturbadores. Na verdade, o paciente muitas vezes procura ajuda médica tardiamente, pois as lesões são indolores. Os cientistas chamam essa condição de úlceras plantares, e são muito difícil de curar.

Tratamento

Descrição: http://www.criasaude.com.br/data/dataimages/Upload/medicament-comprime-effervescent.jpgOs calos são uma resposta do organismo de forma a proteger a pele contra os excessos de pressão e fricção. No entanto, os calos devem ser tratados em casos de dor ou o risco de complicações.

Em casa, primeiro faça um escalda-pés com água morna e sabão por cerca de dez minutos. Em seguida, raspe o calo com uma pedra-pome ou lixa para essa finalidade. Repetir este tratamento regularmente.

Na ausência de contraindicação, o profissional de saúde pode prescrever substâncias que ajudam a remover os calos. Estas são as drogas contêm ácido acetilsalicílico, ácido láctico ou ureia.

Malformações ou outras anormalidades nos pés são mais complicadas e podem precisar de cirurgia.

Em todos os casos, consulte a opinião do podólogo, ou seja, o especialista do pé e suas doenças, para tratar os calos.

Fitoterapia

Descrição: http://www.criasaude.com.br/data/dataimages/Upload/chelidoine.jpg- Misture três colheres de chá de água com a mesma quantidade de suco de limão e 5 comprimidos de aspirina em pó. Espalhe a pasta sobre a área a ser tratada e enrole o pé com um saco plástico coberto com uma toalha quente por 15 minutos.

- Um método mais fácil é usar casca de banana. Prenda-a com uma tira de pano. Aplicar por todo o calo de modo que a face externa da casca de banana esteja em contato com a lesão. Deixe a preparação atuar durante a noite e, em seguida, repita com uma nova casca. Finalmente, raspar calo com uma pedra-pome.

- Resina de broto de pinheiro é eficaz no olho de perdiz. Basta colocá-la sobre a lesão por uma noite e um dia.

- Você também pode remover o calo aplicando a mistura de dois dentes de alho e meia colher de chá de mel uma vez por dia. Fixe a preparação com uma compressa e uma fita adesiva. Lixar progressivamente eliminar o calo.

- Veja também: suco de celidônia.

- Veja também: remédio contra calos dos pés.

Dicas para os calos e calosidades

Para evitar os calos e calosidades:

Descrição: http://www.criasaude.com.br/data/dataimages/Upload/pe-de-atleta-chinelos.jpg- Usar luvas se suas mãos se ferem facilmente.

- Use sapatos de boa qualidade, flexíveis, grandes e adaptados para os seus pés.

- Evite também sapatos pontudos ou saltos altos.

- Durante o tratamento, prefira ficar com os pés descalços ou, pelo menos, colocar sandálias.

- Use nos pés curativos, palmilhas de espuma, ou outros acessorios para proteger os dedos.

- Se você é diabético, tenha muito cuidado e consulte um podólogo regularmente para evitar a úlcera nos pés.

- Tome precauções extras se você for idoso ou se os seus vasos sanguíneos têm problemas.

- Aplique hidratantes sobre a pele de seus pés.

Consulte um médico se:

- O seu calo dói ou se você tem sensação de queimação, vermelhidão, cianose ou sangramento.

- Se você for diabético ou sofre de doença vascular.

O que não fazer:

- Não retire os calos com objetos cortantes.

- Ferir o calor, porque ele vai crescer de volta.

- Aplicar substâncias corrosivas na pele saudável, pois há risco de queimadura.