Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: C:\Users\Ervas\Desktop\ervas e doencas\aborto_arquivos\image001.jpg

Voltar a pagina inicial

Clorose (palidez na menstruação)

Fone 43 3325 5103

 

Nome: Alecrim, alecrim de jardim.

O alecrim é originário da Costa do Mar Mediterrâneo. É também conhecido pelo nome de "Rosmarinus" que lembra a denominação latina "ros marinus" - "rosa do mar".

Para os romanos esta planta simbolizava o amor e a morte e por isto era plantada próximo à soleira das portas das casas. A igreja católica também o usava nos seus rituais, queimando-o como incenso.

Até hoje diz-se que o alecrim é um excelente amuleto contra o "mal olhado".

Na culinária é recomendado para carnes de porco, cabrito carneiro e peixe. É usado também para aromatizar vinagres e óleos.

Observação: Por ter um sabor muito forte, deve ser usado com moderação.

História

O nome Rosmarinus do latim significa "orvalho que vem do mar", justificado pelas flores azuladas que inundam as praias do Mediterrâneo, lembrando o orvalho.

Além de ser símbolo de fidelidade entre namorados, era usado na Era Medieval para purificar os quartos de doentes. Pela reputação de estimular a memória, conta-se que estudantes gregos usavam ramos de Alecrim nos cabelos, quando submetidos a exames.

Indicação

As flores do alecrim são utilizadas em chá contra a clorose (palidez na menstruação), histeria, inapetência, nervosismo, tosses, indigestão, bronquites e asma.

Como banho, é bom para problemas de pele. O chá provoca um suadouro. Purifica o sangue, tônico do coração. Estimulante, antiespasmódico e ligeiramente diurético. Atua como colagogo (sobre a secreção biliar), para dor de cabeça, cansaço físico e mental. Equilibra a pressão arterial. Problemas renais. Problemas digestivos. Faça um chá (infusão - água quente sobre a planta, tapar, deixar de 10 a 15 minutos) com as folhas.

Indicado também contra a falta de apetite e problemas intestinais. Ajuda em casos de hepatite, amenorréia e dismenorréia. Para esgotamento cerebral e depressão leve.

Ação: diurético, estimulante geral do corpo e do couro cabeludo, anti-reumático, tônico da circulação e do sistema nervoso, redutor da formação de gases e anti-inflamatório.

 

Descrição: Alecrim

Descrição: Alecrim

Descrição: Resultado de imagem para alecrim

Alecrim

Externamente combate as dores articulares, contusões, entorses e dores reumáticas. O óleo do alecrim é bom para o cabelo; ou pode-se utilizar o chá da planta como banho capilar (não todos os dias - alterne com outros tipos de chás). Estimula a circulação do couro cabeludo e o crescimento de cabelos (mais detalhes), sendo usado contra caspa e para prevenir contra a queda excessiva dos fios. Fortifica o couro cabeludo

Cosmética: embeleza e rejuvenesce o cabelo e o corpo.

Usado também como tempero para carnes e molhos.

Partes utilizadas

Flores e folhas

Contra indicação

O uso interno prolongado pode provocar gastro enterites e nefrites.

Alecrim - Rosmarinus officinalis L.


Alecrim

Pode ser usado o pé todo.

As folhas auxiliam no tratamento da clorose, palidez na menstruação, falta de apetite, medo, nervosismo, digestão difícil, tosse, bronquite e asma. Usa-se também fazer o banho para eliminar impurezas da pele e afecções diversas. O chá do alecrim limpa e afina o sangue, auxilia no tratamento do coração e elimina o reumatismo.

Uso

Colher, secar na sombra (o sol queima a planta) e tomar o chá por 7 dias. Descansar 3 dias e repetir outras vezes do mesmo modo. Tomar um copo por dia, em pequenos goles.

IDADE

Alguns raminhos de alecrim jogados sobre as brasas enquanto se faz churrasco, deixa a carne com um aroma delicioso.

O Alecrim

Também conhecida como alecrim-de-jardim e alecrim-rosmarino

Erva de um verde intenso, folhas espinhosas e sabor forte. Pertence à família das labiadas, é aromática e suas flores têm propriedades estimulantes. Podem ser encontradas frescas ou desidratadas. O alecrim concentra mais seu sabor quando não está fresco. Neste caso, é recomendável usar uma quantidade menor.

Tanto o ramo quanto suas folhas longas podem ser adicionadas às comidas. Sempre devem ser retiradas do prato antes deste ser servido. Excelente ingrediente para carnes, como cordeiro, frango assado, vitela, porco, carne vermelha e peixes.

Em espanhol: romero

Em outros idiomas: roris marini (latim), rosemary (inglês), romarin (francês), ramerino (italiano) e rosmarin (alemão).

alecrim é uma planta que "cresce no campo sem ser semeada", muito usada também nos jardins e de todos bem conhecida.

Uso culinário

De sabor fresco e doce, o Alecrim é recomendado no preparo de uma grande variedade de carnes, em especial de porco e carneiro. Dá sabor especial a batatas e manteigas. Pode ser usado como decoração em pratos prontos antes de servi-los. Faz parte do famoso Herbes de Provence (tempero francês com várias ervas).

ETIMOLOGIA

As folhas do Alecrim são recomendadas no estímulo à circulação. Também auxiliam na digestão de gorduras e no combate à dor de cabeça associada com tensão nervosa.

Rosmarinus é um termo latino que significa umidade do mar e o alecrim possivelmente recebeu este nome por crescer próximo ao mar.

CARACTERÍSTICAS

Partes usadas: as folhas em forma de agulha. Fortemente aromática, relacionada a cânfora ou eucalipto, é resinosa e ligeiramenrte amarga. Tempero popular em vários países do ocidente, especialmente ao longo do Mediterrâneo (Itália e França).

PRODUÇÃO

Mediterrâneo, Inglaterra, Estados Unidos e México.

COMPONENTES

As folhas contêm entre 1 e 2,5% de óleo essencial, composto por 15 a 25% de cânfora.

UTILIZAÇÃO

Pode ser empregado para aromatizar vinagres. Não perde seu sabor no cozimento, como outras folhas fazem. As folhas frecas possuem aroma mais puro, sendo preferidas. Utilizado com peixes, carnes, aves e vegetais, é freqüentemente combinado a batatas, abobrinhas, berinjelas e tomates preparados em azeite. Na Itália, a carne de cordeiro é raramente preparada sem esta erva e aves assadas envoltas em ramos de alecrim são muito populares. Efeito similar pode ser obtido com ramos de alecrim colocados sobre carvão em brasa em churrasqueiras.

DICAS

Por ser uma das ervas mais fragrantes, deve-se tomar cuidado para não exagerar nas quantidades utilizadas.