Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: C:\Users\Ervas\Desktop\ervas e doencas\aborto_arquivos\image001.jpg

Voltar a pagina inicial

Emenagoga

Fone 43 3325 5103

Propriedades Medicinais: calmante, carminativa, diurética, emenagoga e emoliente

Propriedades Medicinais: calmante, carminativa, diurética, emenagoga e emoliente

 

Anteriormente, falamos sobre as propriedades medicinais adstringentes, antissépticas, aperientes e béquicas (clique e saiba mais sobre estas propriedades). Agora que você já sabe o que são cada uma desas propriedades e quando utilizá-las, daremos continuidade ao nosso glossário, tratando das ervas calmantes, carminativas, diuréticas, emenagogas e emolientes.

Calmantes

 

As plantas calmantes, como o próprio nome indica, são aquelas reduzem a excitação nervosa. Também são conhecidas como sedativas e são indicadas para casos de ansiedade, insônia e estresse, por acalmar e diminuir a atividade nervosa. Entre as plantas calmantes estão o alface e as folhas do maracujá.

Carminativas

 

As ervas carminativas ajudam a combater os problemas com acúmulo de gases estomacais e intestinais. Elas ajudam o organismo a expulsar esses gases do tubo digestivo, aliviando os incômodos causados. A hortelã-pimenta é uma das principais ervas carminativas, assim como o funcho.

Funcho

 

Funcho: erva com propriedade carminativa

Diuréticas

 

As plantas com função diurética são aquelas que aumentam o volume de urina, facilitando a eliminação de toxinas. Os rins são responsáveis por filtrar as impurezas do sangue e eliminar esses resíduos através da urina. As ervas diuréticas melhoram o funcionamento dos rins, promovendo, com isso, a purificação do sangue e a excreção de substâncias tóxicas. Além disso, são eficientes para casos de retenção de líquidos e ajudam na perda de peso. Alguns exemplos de plantas diuréticas são a cavalinha, quebra-pedra e chapéu de couro.

Emenagogas

 

São aquelas que provocam ou aumentam o fluxo menstrual. Por isso, essas ervas são indicadas para mulheres com problemas no ciclo menstrual ou com dificuldades para menstruar. A salva e artemísia, por exemplo, são plantas que cumprem com essa função.

Emolientes

 

As ervas emolientes possuem uma ação calmante para a pele e outros tecidos que estejam inflamados ou irritados. Por esse motivo, são aconselhadas para tratar casos de abcessos, úlceras e outras inflamações. A malva e a linhaça são alguns exemplos de plantas emolientes Descrição: Funcho

Propriedades Medicinais: calmante, carminativa, diurética, emenagoga e emoliente

 

Anteriormente, falamos sobre as propriedades medicinais adstringentes, antissépticas, aperientes e béquicas (clique e saiba mais sobre estas propriedades). Agora que você já sabe o que são cada uma desas propriedades e quando utilizá-las, daremos continuidade ao nosso glossário, tratando das ervas calmantes, carminativas, diuréticas, emenagogas e emolientes.

Calmantes

 

As plantas calmantes, como o próprio nome indica, são aquelas reduzem a excitação nervosa. Também são conhecidas como sedativas e são indicadas para casos de ansiedade, insônia e estresse, por acalmar e diminuir a atividade nervosa. Entre as plantas calmantes estão o alface e as folhas do maracujá.

Carminativas

 

As ervas carminativas ajudam a combater os problemas com acúmulo de gases estomacais e intestinais. Elas ajudam o organismo a expulsar esses gases do tubo digestivo, aliviando os incômodos causados. A hortelã-pimenta é uma das principais ervas carminativas, assim como o funcho.

Funcho

 

Funcho: erva com propriedade carminativa

Diuréticas

 

As plantas com função diurética são aquelas que aumentam o volume de urina, facilitando a eliminação de toxinas. Os rins são responsáveis por filtrar as impurezas do sangue e eliminar esses resíduos através da urina. As ervas diuréticas melhoram o funcionamento dos rins, promovendo, com isso, a purificação do sangue e a excreção de substâncias tóxicas. Além disso, são eficientes para casos de retenção de líquidos e ajudam na perda de peso. Alguns exemplos de plantas diuréticas são a cavalinha, quebra-pedra e chapéu de couro.

Emenagogas

 

São aquelas que provocam ou aumentam o fluxo menstrual. Por isso, essas ervas são indicadas para mulheres com problemas no ciclo menstrual ou com dificuldades para menstruar. A salva e artemísia, por exemplo, são plantas que cumprem com essa função.

Emolientes

 

As ervas emolientes possuem uma ação calmante para a pele e outros tecidos que estejam inflamados ou irritados. Por esse motivo, são aconselhadas para tratar casos de abcessos, úlceras e outras inflamações. A malva e a linhaça são alguns exemplos de plantas emolientes

Plantas para a saúde feminina - Equilíbrio Feminino

Plantas medicinais na gravidez e amamentação

alinenumin

Plantas medicinais na gravidez e amamentação

http://www.blogmamis.com/2012/03/plantas-medicinais-posso-usar-na.html

Existem muitos equívocos em relação ao consumo de plantas medicinais durante a gravidez e amamentação. Minha nutricionista mesmo me indicou por duas vezes plantas que não poderiam ser consumidas por gestante. Sorte que eu tenho certo conhecimento sobre o assunto e por precaução, ainda consultei minha médica antes de consumir essas plantas. (Ela mandou eu tomar cáscara sagrada e chá verde, ambos não são indicados para gestantes).

A maioria dos chás de plantas são contra-indicados na gravidez! Os chás possuem substâncias ativas assim como os medicamentos, e como sabemos, qualquer medicamento na gravidez só pode ser usado por indicação médica.

Algumas destas plantas provocam contração uterina e põe em risco a gestação. Essas plantas são chamadas de emenagogas. A lista delas é grande e ainda são pouco estudadas.

 Emenagogos – São plantas ou substâncias que provocam a contração uterina causando hemorragias e podendo levar ao aborto ou mesmo à morte conforme o caso e devem ser evitadas durante o período da gravidez.

Plantas emenagogas: Alecrim de jardim, açafrão, algodoeiro (semente), angélica, aroeira, arruda, artemísia, avenca, azedinha, babosa, beldroega, buchinha do norte, cabacinha (fruto), café (folhas), cainca, camomila, cana de macaco, caraguatá, carapiá, catinga de mulata, cavalinha, cipó mil homens, coentro, cravo da índia, douradinha do campo, erva de bicho, fedegoso, guiné, manacá, para tudo do campo, poejo, ruibarbo, salsa, sálvia, sene.