Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: C:\Users\Ervas\Desktop\ervas e doencas\aborto_arquivos\image001.jpg

Voltar a pagina inicial

Unhas, revitalizar 

Fone 43 3325 5103

Como endurecer naturalmente as unhas?

Fabrique o seu próprio endurecedor de unhas acrescentando um dente de alho triturado a um esmalte transparente. Você também pode submergi-las em um recipiente com vinagre de maçã antes de ir dormir.

Descrição: Como endurecer naturalmente as unhas?

Unhas quebradiças, que se quebram ao menor toque, que não tem a força necessária para ficarem bonitas; que estão feridas ou que não conseguem crescer mais que o limite dos dedos. Todos estes problemas tão habituais podem fazer parte do passado com estes remédios e conselhos naturais para endurecer as unhas.

Descrição:  Descubra como revitalizar unhas fracas e quebradiças em minutos com o tratamento Recarga de Proteína, da Essie

Descubra como revitalizar unhas fracas e quebradiças em minutos com o tratamento Recarga de Proteína, da Essie

Quem sofre com unhas quebradiças costuma se perguntar porque elas são assim e como resolver esse problema. "Existem diversos motivos que enfraquecem as unhas, como hereditariedade, anemia, estresse e uso de medicamentos", relatou a Dra. Daniela Schmidt Pimentel, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. "Além disso, em pacientes que possuem hipotireoidismo, ocorre uma diminuição do metabolismo, o que dificulta o transporte dos nutrientes para as unhas, deixando-as fracas e onduladas. Já no hipertireoidismo acontece o contrário: o metabolismo acelera, o que promove unhas mais rasas", completou.

Vitamina D x Unhas Fracas

"Além dos outros fatores que proporcionam unhas fracas, a deficiência na vitamina D é muito comum. Ela é responsável pela absorção do cálcio do intestino pelo sangue e com a falta dela, o corpo acaba buscando esse mineral em outros tecidos, como ossos e unhas. Para manter o corpo com a quantidade ideal da vitamina, há duas recomendações: a exposição segura ao sol e também a suplementação, que deve ser feita sempre com orientação médica", explicou.

Como tratar unhas quebradiças?

Daniela recomenda que se procure um dermatologista para analisar as unhas e fazer um diagnóstico com precisão. "Sempre que ocorre algum problema com a unha o ideal é ficar sem esmaltá-las por um determinado período para poder observar suas reações. Caso o problema não seja grave, desde que o esmalte seja de boa qualidade e adequado para cada pessoa, pode-se utilizar com freqüência", disse.

Pensando nisso, a Essie criou a Recarga de Proteína, capaz de revitalizar e fortalecer as unhas em minutos. "Basta aplicar uma camada da Protein Base, em seguida duas camadas de seu esmalte Essie preferido, finalizando com o Super Duper Top Coat, que proporciona brilho e proteção", indicou Taís Rodrigues, instrutora técnica da Rede Werner Coiffeur.

Segundo a dermatologista, cuidados externos após o tratamento devem ser realizados com frequência. "O mais importante é uma dieta adequada e balanceada e evitar agressões extremas nas mãos, protegendo-as com luvas quando usar produtos químicos. Também indico sabonetes e cremes hidratantes e especiais para as mãos", finalizou.

 

Benefícios do Cravo-da-Índia

  • Analgésico e antisséptico: o chá de cravo-da-índia, além de ser saboroso, pode ajudar a amenizar dores de cabeça, cólicas menstruais, candidíase oral, baixar a febre, aliviar dores de dente e inflamações de garganta.
  • Acelera o metabolismo: aumenta a produção de saliva e dos líquidos responsáveis pela digestão, o que promove a queima rápida de gordura. O cravo ajuda também em casos de náuseas e mal-estar estomacal.
  • Antioxidante: o cravo-da-índia é um excelente antioxidante porque possui grande capacidade de liberar hidrogênio e reduzir consideravelmente a peroxidação lipídica, que é a quebra das gorduras poliinsaturadas.
  • Antisséptico bucal: o chá é usado no tratamento de bactérias na boca e no estômago e age, principalmente, contra o mau hálito.
  • Contribui para o bom funcionamento da tireoide: mais um aliado para ajudar quem sofre de  hipotireoidismo. Para quem não tem disfunção da tireoide, o cravo é também preventivo contra o surgimento dessa disfunção, seja para hipotireoidismo ou hipertireoidismo.
  • Controle do colesterol: o cravo ajuda também no controle do colesterol ruim sendo também antiviral e antifúngico.

Cravo-da-Índia para Beleza e Higiene

Além de seu uso culinário e medicinal, o cravo-da-índia é também empregado na área da beleza e higiene: o óleo de cravo é usado para cuidar das unhas, e o chá pode ser usado como higienizador e antisséptico para as mãos: além de proteger e limpar, deixa um aroma delicioso. Lavar o rosto com chá de cravo e fazer a aplicação do óleo posteriormente é indicado para tratar espinhas. É ainda útil no tratamento de infecções de pele e micoses. O óleo também pode ser usado contra prisão de ventre, ao ser usado para massagear a barriga.

Descrição: http://bs.simplusmedia.com/wp-content/uploads/imagens/saude/conteudo/cravo.jpg

Chá de cravo-da-Índia

O consumo de chá de cravo tem sido utilizado para aliviar a dor abdominal. Tem qualidades analgésicas que funcionam bem para aqueles que sofrem de dores de gases ou outras chateações no estômago. Cravos estimulam o fluxo sanguíneo, a produção de saliva e secreções gástricas para ajudar na digestão. Além disso, ele tem efeitos anti-eméticos (contra náuseas). Chá de cravo também tem sido usado para matar os parasitas intestinais e funciona igualmente bem matando as bactérias e infecções por fungos, como candidíase oral.

O chá de cravo pode ser usado em banhos de assento, para tratar e prevenir problemas ginecológicos como desconforto, secura, dores e infecções, além de algumas doenças sexualmente transmissíveis (DSTs).

Para preparar chá de cravo-da-índia, coloque água a ferver e quando estiver borbulhando, desligue o fogão e adicione os cravos. Por cada xícara de água, use 1 a 1,5 g de cravo. Consuma no máximo 2 xícaras por dia.

Tintura de Cravo-da-Índia

É possível também fazer uma tintura com cravo-da-índia. Para isso, basta colocar 50 gramas de cravo em 1 litro de álcool etílico ou de qualquer outra bebida alcoólica, como aguardente, rum ou cachaça. Após deixar repousando durante uma semana, fica pronta para usar.

A tintura de cravo-da-índia pode ser utilizada para aliviar dor de dentes, inflamações na garganta e também pode ser aplicada em infeções da pele, como as micoses. Pode ainda utilizá-la para tratar de problemas de prisão de ventre. Basta friccionar a solução na barriga, com movimentos circulares. Caso utilize a tintura internamente, misture uma ou duas gotas de tintura numa colher de sopa de água ou sumo e beba entre duas a três vezes ao dia.

Óleo Essencial de Cravo-da-Índia

Descrição: http://bs.simplusmedia.com/wp-content/uploads/imagens/saude/conteudo/oleo-de-cravo-da-india.jpg

O óleo essencial de cravo-da-índia é utilizado em xampus e loções capilares que limpam e auxiliam o crescimento dos fios. O eugenol, um dos principais constituintes do óleo essencial presente na especiaria, é responsável pela atividade antimicrobiana.

O óleo essencial do cravo-da-índia pode ser usado também em dentes cariados ou com suspeita de cárie. Para isso, em solução oleosa de 10% mergulhe uma gaze ou algodão e aplique nos dentes cariados.

Pó de Cravo-da-Índia

Pode utilizar pó de cravo-da-índia para dar um toque final a um prato especial. O cravo em pó pode ser utilizado em bolos, tortas, doces, biscoitos ou até em pratos salgados e no preparo de carnes especiais.

Formas de Utilização do Cravo-da-Índia

  • Mesclado em forma de pó, com mel, é bom para as náuseas e a distensão abdominal. Também pode ser utilizado como infusão, fervendo 2 a 3 cravos em uma xícara, deixando repousar durante 10 minutos e adoçando com mel, sendo eficaz contra flatulência.
  • Também é possível preparar uma pasta com sal, água e cravo para massagear a testa e as têmporas em casos de enxaqueca.
  • Aqueles que sofrem de dor nos dentes podem aplicar uma mescla de um quarto de uma colher de sopa de azeite de oliva e uma gota de óleo de cravo, diretamente na parte afetada. Se a dor for nas gengivas, pode-se esfregar o pó do cravo ou umedecer um algodão com uma gota de óleo de cravo e aplicar para conseguir um efeito anestésico.
  • O óleo também é ideal para dores de ouvido (aplicando uma gota no ouvido afetado). A infusão de cravo é boa para os que enjoam em viagens a muita altura e também para o tratamento de cólera.

Contra-indicações do Cravo-da-Índia

Remédios à base de cravo nunca devem ser usados por mulheres grávidas, pois provocam contrações uterinas. Também deve ser evitado o seu uso exagerado, e a sua aplicação em zonas mucosas irritadas.